Ideias à solta

Cada porta uma história

Janeiro 25, 2022
cada porta uma história

Se o azul falasse… Falaria pelos cotovelos. Teria uma diarréia verbal. Deus me livre e guarde! Não quero que os meus ouvidos sejam caixote do lixo para tanta futriquice. O que se passa em casa alheia, atrás da porta deve ficar. Quero lá saber dos podres e dos segredos guardados a sete chaves numa arca que é mais velha que a Sé de Braga, arrumada no sótão, escondida atrás do louceiro do século XIX! Tempo perdido! Gosto mais de olhar os teus vitrais enquanto bebo um café e como uma torrada.

Se o azul falasse seria um trinta-e-um!

Rosarinho

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias