Clube de Leitura - Livros no Armazém

“Livros à Sexta”, o encontro de Natal

Dezembro 21, 2021
livros à sexta

Que chique foi o nosso encontro de dezembro do Clube de Leitura Livros à Sexta. Jantar servido pelo Pestana Cidadela Cascais na Livraria Déjà Lu, num ambiente natalício onde só faltou o Pai Natal. O senhor que anda muito atarefado nesta época do ano mandou, em sua representação, o Santo António. 

Se o jantar não tivesse sido em lugar tão distinto, alguém teria desenrascado a refeição com um frango frito e arroz de chouriço em tacho de alumínio embrulhado num pano de cozinha. O importante era reunir a ‘famílía’. O tema deste encontro – ‘Livros de Contos’ – permitiu que à nossa mesa se sentassem ilustres da literatura: Oscar Wilde, Charles Dickens, Mia Couto, Alice Vieira, Irmãos Grimm, Fernando Pessoa, Edgar Allan Poe, João Tordo, José Eduardo Agualusa, Teresa Veiga, Maurice Leblanc, entre outros. Quem não gosta de uma bonita compilação de estórias em época de Jingle Bells e bacalhau com todos? 

Nesta noite de paz, noite de amor fomos todas presenteadas pelo talento de almas criadoras e prendadas deste clube de leitura. Recebemos porta-chaves de macramé e marcadores. E como já é tradição nestes encontros de Natal praticámos o desapego. Bom, a bem dizer, 80% consegue escolher um livro da sua estante e oferecê-lo à amiga secreta, 20% passa pela RG Livreiros (livraria parceira do clube) e pratica o bem ajudando o comércio local. Está certo!

O lombo de porco com esmagado de batata e esparregado estava tão bom que nem tempo houve para o fotografar. Já o arroz doce teve direito a uma fotografia apressada, mas que nos lembra que momentos partilhados com pessoas especiais, como estas, são doces lembranças que guardaremos para sempre nas muitas estantes da nossa memória. Sentimos a falta daquelas e daqueles que não conseguiram estar connosco nesta ceia de Natal, mas temos a certeza que estarão em muitos encontros  no próximo ano. Livros à Sexta despediu-se assim de 2021 e promete regressar em 2022 com novidades. 

Rosarinho

p.s.: O Santo António não é de Pádua e o MacGyver tinha de ser português. Esta foi a frase mítica do encontro!

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias