Ideias até ao infinito

Visitas (in)esperadas

Maio 4, 2021

Sinto de novo a vida a pulsar-me nas veias! Aquela adrenalina de estar viva!

Por estes dias, sou tratada ainda com mais cuidado… quer dizer, não que a minha dona alguma vez me tenha tratado mal, só deixou de me dar tanta atenção, é isso. 😔 Eu sei que ela não o fazia por mal, que gosta de mim, simplesmente queria distância daqueles que me visitavam todos os meses, embora isso não seja possível totalmente.

Mas isso agora mudou! E em parte por tua causa! 😊

Sim, voltei a arranjar-me para estar todos os dias no meu melhor, pois é sempre uma incógnita saber em que dia receberei uma nova visita! E a minha dona vem ter comigo todos os dias muito mais entusiasmada e faladora. Estamos as duas aqui que nem nos aguentamos de entusiasmo.

Ainda o mês passado, por altura da Páscoa, recebi umas encantadoramente elegantes visitas… Uma de Trajouce, uma de Carnaxide, outra da Parede, uma de Aveiro e uma que veio de Manchester!!! 😍

Abracei-as todas com o mesmo carinho e vi a minha dona abri-las, uma a uma, com um cuidado e uma afeição extremos, como se de delicadas pétalas de flores se tratassem. Mas não é para menos, é que aquelas cartas vinham engalanadas de muita amizade, carinho, ternura e dedicação!

Acho que, nos dias de hoje, sou a Caixa de Correio mais feliz da minha rua! Até porque sei que a minha dona vai dar resposta a cada uma destas visitas que recebemos, na mesma dose de afeição e amizade!

E sabes que mais? Cheira-me que isto vai gerar uma bola de neve e logo logo estou novamente a receber tão ilustres visitas! Mal posso esperar!

Nota: texto inspirado no movimento criado pela outra miúda e pelas lindas cartas que tenho recebido, desde então.
#Cartasatalhosqueaproximam

Susana Figueira

    Parcerias