Ideias à solta

Bons Sentimentos, by Marisa Pedroso

Fevereiro 9, 2021

Vive com Luz e a Amar!

Sabes, as habilidades que cada um tem dentro de si não foram oferecidas pela escola ou pela família.

Alguns percursos de vida foram alimentados pelo exterior, claro. Porém, há algo especial dentro de cada um, de cada pessoa.

Gostaria que pensasses sobre a criança que foras um dia, e se ela ia gostar de passar um dia contigo, hoje.

Reflete sobre isso e talvez encontres as respostas sobre as vezes em que a tua Alma adormeceu!

Esta conversa é inspirada na minha vida, e na vida da minha Mana – a Adriana!

Temos vindo a trabalhar no nosso Pátio – O Pátio das Almas Leves!

Todo o trabalho que temos feito juntas, começa sempre no nosso mundo interior.

Esta semana, estamos a despertar mais e mais as sensações da nossa primeira década de Vida. As nossas crianças iam amar passar estes tempos connosco.

Fazer o Programa 7 Dias a Amar, e assistir aos livesYoga para os Nossos Dias!

Estas duas brincadeiras visam a mesma coisa, que cada um consiga sentir a luz infinita do amor e a calma nos seus dias, e o poder que isso tem a vários níveis.

Podes participar connosco! Encontra a página das Manas Alma Leve, que se chama Pátio das Almas Leves, no Instagram e no Facebook.

Gostamos de alimentar almas a despertar o mundo do Universo, que é leve, livre e com infinitas possibilidades a acontecer a todos os momentos para cada um de nós.

As crianças que fomos, independentemente das nossas histórias de vida, tinham Alma. Lembram que a alegria e o espírito de imaginação são uma conjugação perfeita na vida de qualquer adulto que vive em esforço!

A leveza nos nossos dias é bem-vinda, daí o nosso apelido!

Lembro-me de ir à mercearia com a minha mãe, quando era pequena, e de me dizerem que eu era tão leve por ser criança, mas que quando crescesse a vida não era assim tão fácil!

Olha as coisas que se dizem às crianças! E que reflexão que aquele episódio me deu! Agradeci e jurei que queria ser diferente, e que não queria frequentar mercearias quando crescesse! Bem dito ritual que resolvi fazer naquele dia! Mas deve ser por isso que não gosto de ir às compras.

Hoje, com todas as perdas, desafios, limitações, curas e transformações pelos quais já passei, agradeço por não viver o ambiente que se vivia naquele dia e naquela mercearia!

A vida é feita de altos e baixos, e assim será até ao fim. Mas há coisas que já ninguém nos tira! E elas são trabalho de um mundo interior.

Sem reflexão e Meditação, surgirão ambientes de compras!

E a tua criança o que diria?

Deixo a pergunta e começo a preparar-me para o dia de hoje,
Com Bons Sentimentos e a Amar, no melhor blog, o das miúdas do Armazém, que recebem os meus textos com tanta alegria sempre!

Devemos ter brincado juntas, em crianças, noutra vida!

Marisa Pedroso

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias