Ideias para a agenda

Uma visita à Regis Hortus Suburbanus

Julho 30, 2020
Jardim Botânico e Tropical de Lisboa

Será que é impressão minha ou o verão em Cascais, este ano, até nem está mau de todo? O vento, de vez em quando dá o ar da sua desgraça, mas ainda assim, o mês de julho faz-me lembrar o verão da minha infância, quando as estações do ano eram certinhas, não se atrasavam nem adiantavam.

Apetece sair de casa! Este ano o areal da praia não chama por mim. Quem me garante que não me cruzo com o Covid-19 estendido numa toalha com um biquíni às bolinhas amarelas? Pela primeira vez em muitos anos vou passar um verão sem passar pela praia. Decidi procurar alternativas para ocupar as manhãs de fim de semana, longe das confusões e ao ar livre.

Há tanta coisa tão interessante para se conhecer sem nos afastarmos muito de casa. Locais que andamos para visitar há tanto tempo, mas vão sempre ficando para depois. O depois é agora! E foi assim que de chapéu de palha na cabeça e calções (com tiques de exploradora) resolvi ir à descoberta do Jardim Botânico e Tropical de Lisboa, em Belém.

Jardim Botânico e Tropical de Lisboa

Obrigada Dom João V por tão agradável surpresa. Se em 1726 este nosso monarca não tivesse adquirido as Quintas dos Condes da Calheta e dos Condes de Aveiras talvez não tivéssemos, agora, a oportunidade de nos passearmos neste Monumento Nacional (desde 2007). No seu tempo o espaço estava mais associado a uma vertente agrícola. Na altura designada Regis Hortus Suburbanus.

O Jardim tem uma área aproximada de 6,7 ha com mais de 600 espécies oriundas de zonas tropicais e subtropicais. Nele habitam pavões (e seus filhotes), patos, gansos, galos, galinhas, pintainhos, passarada, estatuária (meninas atenção ao Hércules, aquele pedaço de mau caminho), sombras para te resguardares do calor, recantos para namorares, leres um livro ou contemplares a belíssima coleção botânica. Se a pergunta é “posso passar um dia no Jardim?” Podes sim. Deves. Assim tirarás o maior proveito deste local de elevado interesse científico. Por isso é que eu fui com um outfit a puxar pelo meu lado exploradora, como se fosse muito entendida na matéria.

Jardim Botânico e Tropical de Lisboa
Jardim Botânico e Tropical de Lisboa
Jardim Botânico e Tropical de Lisboa
Jardim Botânico e Tropical de Lisboa

À entrada podes fazer download da aplicação – “App JBT”- que te acompanhará ao longo do passeio, permitindo que vivas experiências de realidade aumentada e multimédia. Assim terás a certeza que não irás perder pitada do best of do Jardim: as árvores mais emblemáticas, as espécies de aves mais comuns, e toda diversidade natural que este espaço tem para te oferecer.

E não usei a aplicação porque não me apeteceu, e assim, também, tenho uma boa desculpa para voltar. Desta vez deixei-me ir no balanço da minha intuição. Passeei-me pela Rua das Plantas Primitivas, pela Rua do Palácio, pela Rua das Washingtónias, pela Estufa dos Catos e travei amizade com um grupo de patos que estava na fila para o WC.

Se te apetecer sair para apanhar ar e manter a distância social, esta pode ser uma opção agradável. Leva o teu livro, um bloco para escreveres, ou desenhares; leva roupa e calçado confortável; se és amante de fotografia não te esqueças da câmara fotográfica; mas acima de tudo deixa-te guiar pela natureza, vive ao sabor do seu ritmo.

Jardim Botânico e Tropical de Lisboa
Jardim Botânico e Trpical de Lisboa
 Jardim Botânico e Tropical de Lisboa

O Jardim Botânico e Tropical de Lisboa constitui um dos 3 jardins sob a tutela da Universidade de Lisboa e está aberto das 10h00 às 20h00 (horário de verão).

A entrada tem um valor de 4€. Desde que guardes o bilhete podes entrar e sair as vezes que quiseres, no mesmo dia, claro está. Isso permite que saias para tomar um café e comer um Pastel de Belém ou que almoces nas esplanadas em redor, podendo regressar à paisagem romântica e eclética do Jardim mais tarde.

Ah! Dom João V! Nem sabes a alegria, a calma e o fresco que proporcionaste a esta miúda em pleno século XXI.

Rosarinho

Jardim Botânico e Tropical de Lisboa

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias