Ideias à solta

A Minha Vida em… Música

Fevereiro 25, 2020

As previsões apontam para o seu regresso, por isso…

… esta é uma daquelas músicas que fazem parte da minha playlist de outono/inverno! Combina na perfeição com ‘aquelas’ tardes de chuva! Daquelas em que só apetece ficar no sofá, debaixo da mantinha, a ouvir música, com um delicioso e quentinho chá, a ler um livro e o som da chuva a bater na janela, apesar de… o Seal ‘não a suportar’. 😉 Só que o Seal só ‘não a suporta’ pelas lembranças que lhe traz o bater da chuva na janela, bem o sabemos.

Já nesta miúda, as batidas de “I Can’t Stand the Rain” contrariam essa vontade que se apodera de nós de dolce far niente nessas tardes outonais. É parecido com o feeling que sinto ao ouvir “The Lazy Song”, do Bruno Mars, como aqui o disse. Mas a verdade é que o groove desta música é contagiante, começo logo a bater o pezinho e a balançar os ombros… mesmo sem sair do sofá! :-p

E ainda há a voz do Seal! Mas o que é isto?! Esta música nesta voz poderosa, cheia de soul e, ao mesmo tempo, com uma rouquidão subtil é para mim a melhor versão de todas! Sim, porque para te falar desta música apercebi-me de que é apenas uma das muitas versões de um original de 1974!!! Eu ainda nem tinha nascido!!!

Ok, em miúda já ouvia a versão da super-mega-rainha do rock-pop Tina Turner (que fez no final do ano passado 80 anos… whaaaaat?!), que também é muito boa, mas desde que a ouvi pela voz do Seal, não consigo ouvir outra. Só que o original de “I Can’t Stand the Rain”, de 1974, fez-se ouvir pela voz de Ann Peebles, voz norte-americana do soul. Em 1978 (aqui já a miúda tinha 3 anos), foi a vez da banda britânica de disco, soul e R&B Eruption feat Precious Wilson lançar a sua versão mais disco da música. Finalmente, em 1984, já esta miúda dava ‘os primeiros passos na sua carreira de ávida consumidora de música’, a magnífica Tina Turner brindava-nos com o seu álbum “Private Dancer” e a sua mais ‘roqueira’ versão de “I Can’t Stand the Rain”!

Enfim, neste final de inverno, que se revelou um tanto ou quanto rigoroso, com um friozinho que só apetece estar no conforto de casa, faz um chá, senta-te no sofá com uma manta bem quentinha e, se quiseres, faz deste “I Can’t Stand the Rain”, do Seal, a banda sonora do livro que estás a ler!

Chuva lá fora + Música + Livro + Chá = “I ‘Can’t Stand the Rain

Simplesmente A.D.O.R.O esta versão do Seal!

Susana Figueira

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias