Ideias até ao infinito

Correr ou praticar running?

Fevereiro 28, 2019
Correr ou praticar running armazem de ideias ilimitada diploma

Vamos correr? Ou vamos praticar running? Esta foi a questão que coloquei na última newsletter do Armazém de Ideias Ilimitada (o quê? ainda não te juntaste às miúdas) e que, hoje, deixo aqui em aberto ‘ao mundo’!

Calma, não te assustes, não te vou desafiar para uma corrida. E também não bati com a cabeça, nem nada que se pareça, mas quero falar de uma daquelas ‘pequenas’ coisas que trazem felicidade aos meus dias… correr! 

Agora, estás a pensar “ok, mais uma ‘maluquinha’ que aderiu à moda do running e agora vem para aqui tentar ‘converter’ o pessoal a fazer o mesmo”, mas nada disso. Até porque eu corro mesmo, não pratico running, e sei por experiência que temos realmente de gostar mesmo muuuuito de correr para levar a cabo esta atividade física. De pouco adianta fazê-lo apenas porque é moda, dou-te 1 ano (e já estou a esticar) para ‘encostares’ os ténis, ou as sapatilhas, como preferires. É que a corrida é uma das atividades físicas que mais empenho e força de vontade exige. Porque é muito… just you. Ok, podes dizer-me “sim, mas há pessoal que treina em grupo”. Há, mas o esforço e a vontade de te superares a cada treino, ou prova, são somente teus. Aquele momento em que começas a pensar “já não aguento mais, vou ter de parar”, mas depois, de repente, vais buscar forças nem sabes bem onde e dás ainda mais um pouco de ti e consegues. É a superação. És o teu maior adversário.

Correr ou praticar running armazem de ideias ilimitada sapatilhas miúda

Correr ou praticar running armazem de ideias ilimitada diplomas tesourinhos


A correr desde… 1985!
E quem me conhece bem, sabe perfeitamente que não corro porque é moda. Nunca fui muito de modas. Desde miúda que adoro desporto – praticar e não ficar a ver no sofá ok – e, recentemente, num daqueles dias em que estamos em modo ‘sopeira’, a remexer em coisas que já não ‘visitava’ há algum tempo, encontrei o diploma que recebi na primeira prova oficial em que participei no Troféu de Atletismo de Cascais, ainda Benjamim! Ou seja, com 10 aninhos! Foi em Trajouce, ou melhor, Poço Cação, e fiquei num honroso 21º lugar! 👆 O engraçado é que me lembro perfeitamente desta corrida. Lembro-me de ter terminado, creio que uma corrida de 600 ou 700 metros, e ter começado a chorar por não ganhar nada (sim, eu era aquela miúda que chorava por tudo e por nada), mas quando me ofereceram um iogurte e o tal do diploma… entrei em modo “Já passou! Já passou!”, como canta a Elsa de “Frozen”. E fiquei feliz da vida! Com um iogurte e um diploma! … hmmm, é engraçado como a nossa perspetiva de felicidade muda com o crescimento. Dá que pensar! 🙂

Correr ou praticar running armazem de ideias ilimitada atletas guerreiras treino

As ‘atletas guerreiras’
E ter encontrado esta ‘pérola’ e recordado este episódio, juntamente com o facto de, este ano, ter uma nova ‘atleta guerreira’, na minha equipa – um tal de NAZA – Núcleo de Atletismo Zona da Abóboda, para quem anda distraído -, que se juntou ao nosso grupo de treino de três, deixou-me com vontade de te falar sobre isto de correr. Se te disser que somos duas mulheres que já passaram por um cancro da mama, portanto, já foram sujeitas a tratamentos de quimioterapia, uma que só tem um pulmão e outra que sofre da coluna, se calhar, consegues perceber melhor quando nos autodenomino de ‘atletas guerreiras’. Estás a pensar antes em ‘loucas’, certo? Talvez, também é necessária uma boa dose de loucura para o fazer, mas o que nos move às quatro, nisto de andar para aqui a correr, a participar em troféus e provas, mesmo com as nossas limitações, é a vontade de superação que cada uma de nós tem dentro de si. Sabemos que o nosso maior adversário está dentro de nós e podemos dar-lhe vários nomes: preguiça, sedentarismo, resignação, conformismo. Para estas quatro ‘atletas guerreiras’ é coisa que não existe. Aliás, duas de nós (e outras tantas atletas de equipa) têm o objetivo de fazer a Meia-Maratona de Cascais… já este domingo!!! Andámos a treinar para isso. Deseja-nos sorte!

Correr ou praticar running armazem de ideias ilimitada corta-mato

Correr ou praticar running armazem de ideias ilimitada meia-maratona cascais

Sou feliz a correr, e então?!
Acreditas quando te digo que correr é um daqueles momentos, das tais ‘pequenas’ coisas da vida, em que me sinto verdadeiramente feliz?! 🙂 Porque é mesmo! E é por tudo o que envolve, tanto ao nível do esforço físico, que é individual, e sempre gostei de me pôr à prova, de testar os limites do meu corpo, como pelos próprios desafios que posso experimentar (estrada, corta-mato, trail, correr em pista, velocidade, meio fundo, fundo), pelas pessoas lindas que conheces, pelas amizades que fazes, pelos convívios animados…

Para terminar, deixo-te apenas com este pensamento, e eu avisei que não vinha para aqui ‘converter’ ninguém em ‘maluquinha do running‘: caso estejas a pensar em começar a correr, experimenta e vê se te faz feliz. Caso contrário, não o faças apenas porque é moda. As modas passam. Já a felicidade é algo que queremos alcançar todos os dias.
Beijinhos no coração e… ‘corda nas sapatilhas’!

Susana

Correr ou praticar running armazem de ideias ilimitada naza glórias do atletismo português

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias