Ideias à solta

Fruta da Época, by Cláudia Silva Mataloto

Janeiro 25, 2019
 
Aqui está a primeira receita da Fruta da Época de 2019! Desta vez foi a miúda que desafiou a Cláudia para uma aventura. Precisávamos de comprar clementinas e onde fomos? A um local muito especial – à mercearia de bairro onde a minha mãe vai às compras quase todos os dias (nas Fontainhas, Cascais).  A D. Ana recebeu-nos com um enorme sorriso, algo que lhe é muito caraterístico, bem como a sua simpatia. Ela é assim para todos os clientes.  Estas lojas de bairro e de comércio tradicional primam pelo cuidado com o cliente, pela proximidade, pelo atendimento personalizado e pela qualidade dos produtos. A D. Ana é muito exigente com os seus fornecedores. “Os legumes vêm de Santa Cruz e da Assafora” – diz orgulhosamente. Neste espaço encontramos maçãs de Alcobaça e clementinas do Algarve. As tais que fomos comprar.

Clementinas do Algarve
Mercearia Tradicional

 

Mas acima de tudo é um local de encontro, de conversas, de partilhas de alegrias e preocupações. É um local onde os mais idosos encontram carinho, atenção e companhia. É um local onde encontramos produtos nacionais e onde podemos beber um café quentinho enquanto decidimos se levamos grelos para a sopa (arranjados pela D. Ana) ou se compramos um saquinho de bolos daqueles que nos lembram a infância. 

Fruta da Época

 

Clementinas

 

Eu valorizo muito estes espaços e a resiliência de quem os leva para a frente. A D. Ana tem este negócio há 30 anos. Sente-se cansada mas o gosto e o carinho que sente por este seu oficio não a deixam desistir. Acredito que nos dias de hoje manter um negócio destes não é fácil e é preciso uma grande dose de amor para persistir. E por isso quis comprar as clementinas desta receita no “lugar de frutas” da D. Ana. 

Mercearia Tradicional

 

A receita parece ter ar de prato muito elaborado, daqueles que só os mais sábios conseguem confecionar. Nada disso! Garanto-te que é muito fácil de fazer!
 
Rosarinho
❤❤❤❤❤
 
clementinas
 
 
Cestos de clementina e frutos secos


Aconselha-se que prepares esta receita ao som dos Maria Clementina, “Veio a Maria Clementina” 



Ingredientes
 
100 ml de sumo de clementina
Raspa de 3 clementinas
100 g de açúcar amarelo
3 ovos
1 colher de café de gengibre em pó
100 g de manteiga
6 folhas de massa filo
manteiga q.b.
gomos de clementina q.b.
50 g de frutos secos (amêndoa laminada, pinhão, passas, etc…)
Açúcar q.b.
 
Modo de Confeção
 
Mistura todos os ingredientes, exceto a manteiga, num tacho e leva ao lume brando, mexendo sempre, até engrossar. Fora do lume, junta a manteiga fria, partida aos pedaços, aos poucos, continuando a mexer, até estar dissolvida no creme.
 
Torra os frutos secos e reserva.
 
Estende uma folha de massa filo e pincela com a manteiga derretida. Coloca outra por cima e volta a pincelar. Corta a folha dupla em quatro quadrados e coloca em cada um deles uma colher bem cheia do creme de clementina. Coloca dois gomos, junto ao creme, e dispõe por cima a mistura de frutos secos. 
 
Polvilha os gomos com um pouco de açúcar.
 
Dobra a massa em forma de cesto, deixando parte do interior à vista. Procede da mesma forma para as restantes folhas de massa. Leva ao forno pré-aquecido, a 170.ºC, até a massa ficar dourada e tostada nas pontas.
 
Deixa arrefecer ligeiramente e serve!

cestas de clementina e frutos secos by Fruta da Época



Sobre a clementina


Um fruto característico do inverno. A clementina é doce e rica em vitamina C, fibras e potássio.  Não tem pevides e é fácil de descascar. Versátil, pode ser consumida crua e é assim muito apreciada pelas crianças. Nos doces, utiliza o sumo, a polpa e a casca que também podes cristalizar.



Cláudia Silva Mataloto
 
Fruta da Época
 

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias