Ideias à solta

Fruta da Época, by Cláudia Silva Mataloto

Novembro 6, 2018
O telemóvel toca. Do outro lado a voz da nossa querida Cláudia Silva Mataloto revela entusiasmo. “Para a semana vamos apanhar funcho-do-mar.” Ela disse “vamos”, portanto era uma convocatória. Fiquei logo entusiasmada e à minha frente revi  imagens da nossa ida às amoras, ao medronho e às castanhas. Boas e divertidas recordações. “Quando e onde?”, perguntei. “Quinta feira, Forte dos Oitavos. Vou-te buscar às 13h00”.  E assim foi.  Na véspera choveu imenso. Na dita quinta feira calcei as galochas e esperei, tal qual criança ansiosa pelo passeio prometido, pela nossa Chef de serviço ao blog. A aventura começou. Pouco vento, o frio já se sentia e o mar agitado brindou a nossa chegada. 
 
funcho-do-mar
 
Curiosa perguntei qual seria a receita que ela estava a cozinhar na sua cabeça e que levava funcho-do-mar (já me começo a habituar às plantas e às flores comestíveis!!). Espantem-se com a reposta “Mousse de chocolate branco”. De imediato cresceu água na boca. Lá fomos nós à procura do Crithmum maritimum, que não foi muito fácil de encontrar. Comecei a ver a mousse por um canudo. Mas a nossa Chef é persistente. Passou a pente fino toda a zona envolvente do Forte de São Jorge de Oitavos e lá conseguiu reunir a quantidade suficiente de funcho-do-mar para esta receita maravilhosa. Eu fiz vídeos, tirei fotografias e a Cláudia é que se pôs em trabalhos procurando o funcho em zonas mais radicais! Mas tudo correu bem. Sempre que saímos para colher o ingrediente rei de alguma receita já sabemos que vamos encontrar desafios pela frente. Ela só dizia “E o mar? Achas que as ondas chegam até aqui?” E eu das profundezas da minha calma “Não! Apanha lá o funcho que eu quero provar a mousse.”
 
funcho-do-mar
funcho-do-mar
 
 
Forte de São Jorge de Oitavos
 
Só para que fique registado, a Cláudia nunca se colocou em perigo. Já perigosa é esta sobremesa!
 
Rosarinho
❤❤❤❤❤
 
Mousse de chocolate branco com funcho-do-mar

Mousse de chocolate branco com funcho-do-mar
(4 px)


Ingredientes
300 gramas de natas frescas
20 gramas de gengibre fresco
60 gramas de flores e folhas de funcho-do-mar fresco
1,5 folhas de gelatina
200 gramas de chocolate branco

Modo de confeção
Coloque numa taça as natas, o gengibre fresco cortado aos bocadinhos e as flores e folhas de funcho-do-mar. Deixe repousar no frigorífico por 24h. Demolhe a gelatina em água fria. Filtre as natas e leve 100 gramas ao lume a aquecer (85ºC). Retire do lume e desfaça a gelatina na mistura. Parta o chocolate aos bocadinhos, junte e envolva, até derreter. Bata as restantes natas e envolva, suavemente, na mistura. Sirva com pistácio salgado, picado, folhas de funcho-do-mar e frutos vermelhos.
 
funcho-do-mar
 
 
Sobre o Funcho-do-mar
O Funcho-do-mar (Crithmum maritimum), também conhecido como funcho-marítimo, é uma planta característica das arribas rochosas e que pode ser encontrado ao longo de todo o litoral português. Muito rico em vitamina C, toda a planta é comestível (caules, folhas, flores e sementes) pode ser consumido cru ou cozinhado e em conserva. O período de floração mais intenso é de junho a setembro.
 
Cláudia Silva Mataloto
 
Se quiserem conhecer a Cláudia ela vai estar no Showcooking do Open Day do Armazém, dia 17 de novembro, pelas 16h30, no Souk Mercado do Mundo, em Cascais. A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição para armazemdeideiasilimitada@hotmail.com 
 
 
Cláudia Silva Mataloto
 
Fruta da Época

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias