Ideias à solta

Fruta da Época, by Cláudia Silva Mataloto

Março 30, 2018
Esta semana, o blog e a Fruta da Época juntaram-se para promover o património gastronómico de Cascais. Estivemos pelo Cascais Visitor Center (onde fomos muito bem recebidas!!!), a ensinar como fazer Joaninhas. Para dizer a verdade, a Cláudia é que ensinou, eu ajudei e por um breve momento, atrapalhei! É o que faz a Cláudia acreditar que eu tenho jeito para a culinária!! 
a provar Joaninhas de Cascais
O evento intitulava-se “Tasty Easter” e os turistas deixaram-se seduzir pelo nome e pelo cheiro irresistível que, subitamente, invadiu a Praça 5 de Outubro. 
 
Este evento teve como intuito, aproveitar a época festiva para celebrar a gastronomia da terra. Recebemos a visita de portugueses, espanhóis, brasileiros, ingleses, italianos… Todos provaram e aprovaram as Joaninhas! Nunca a frase “Joaninha voa a voa” fez tanto sentido… voaram todas! 
 
Segundo o livro “Receitas de Reis e Pescadores“, da autoria na nossa querida Cláudia e da Raquel Moreira, as Joaninhas fazem parte da lista de bolos e bolinhos mencionados por Alberto Pimentel em “Sem Passar a Fronteira” e consideradas uma das especialidades da casa “Faz-Tudo”, que existiu no início do século XX na nossa Vila.  
 
Livro - Receitas de Reis e Pescadores
 
Vesti o avental, coloquei um ar muito entendido na matéria e senti-me uma verdadeira ajudante de uma grande chef de cozinha! Pensei “estudaste a receita durante o fim de semana, vai tudo correr bem.” A Cláudia atribuiu-me a tarefa de pesar os ingredientes. Coisa simples certo? Pois… O que vale é que  enquanto ela fiscalizava o ponto pérola, também espreitava pelo canto do olho as minhas manobras atabalhoadas. E ainda bem, porque isto podia ter corrido muito mal! Então não é que em vez contabilizar 20 g de farinha já me estava a esticar para as 250 g!!! Eu não achei piada, mas o grupo de italianos, de olhos postos em nós, riu-se! Acabou por ser um momento divertido. Se tivesse sido combinado não tinha tido tanta graça. E já nem vou falar da confusão que gerei com os ovos! Ainda assim a Cláudia continuou a acreditar em mim e pediu-me ajuda para envolver os ovos na massa de amêndoa! Foi o meu momento de glória!
 
ponto pérola
a cozinhar no Cascais Visitor Center
 
aprender a fazer Joaninhas de Cascais no Cascais Visitor Center
 
Afinal as Joaninhas de Cascais (que de joaninhas não têm nada) até são fáceis e rápidas de fazer e ficam muito bem numa mesa de Páscoa (porque o seu ingrediente principal é a amêndoa). Por isso a Cláudia quer partilhar esta receita, com vocês, que foi transcrita do livro “Tesouro da Cozinha Regional Portuguesa” de Maria Odette Cortes Valente e que está no livro “Receitas de Reis e Pescadores“.
 
Livro - Receitas de Reis e Pescadores
 
Joaninhas de Cascais
 
Ingredientes:
 
250 ml de água
500 g de açúcar
250 g de amêndoa moída
20 g de farinha
8 gemas de ovo
2 claras
Açúcar q.b. para polvilhar
 
Modo de confeção:
 
Faça uma calda com água e o açúcar até atingir o ponto pérola (108 ºC). Junte a amêndoa misturada com a farinha. Envolva muito bem e deixe ferver um pouco. Retire do lume e deixe arrefecer. Junte a massa de amêndoa às gemas que foram previamente misturadas com as claras. Envolva bem e leve novamente ao lume, sem deixar ferver. Verta a massa num tabuleiro forrado com papel vegetal e untado com manteiga. Leve ao forno a 180 ºC, durante 30 minutos. Deixe arrefecer, de preferência de um dia para o outro. Corte no formato de pequenos dedos de 4 a 5 centímetros de comprimento por 1 centímetro de largura e polvilhe com açúcar.
 
Joaninhas de Cascais, receita
Neste workshop cortámos a Joaninhas em quadradinhos para todos provarem
 
Por fim, queremos agradecer a simpatia e o carinho com que fomos recebidas no Cascais Visitor Center, um lugar muito bonito, espaço de promoção da nossa vila e de receção aos turistas recém chegados. Queremos voltar!!! Feliz Páscoa!
 
Ficaram com vontade de experimentar esta receita?
 
Fomos promover o património gastronómico de Cascais
 
Pelo Cascais Visitor Centre a promover o património gastronómico de cascais
Pelo Cascais Visitor Center a promover o património gastronómico de Cascais
logótipo da Fruta bda Época

    Escreve aqui o teu comentário

    Parceiros