Ideias até ao infinito

Este fim de semana… fui dançar!

Julho 24, 2017

Fui, mas sem saber que ia. Estão a ver aquelas saídas em que sabemos como a
noite vai começar, mas não há planos sobre como vai terminar? Pois! 😊

A “desculpa”: um muitíssimo bem organizado e divertido jantar surpresa de
aniversário no restaurante Páteo do Guincho, na Areia – querida Andreia, uma
vez mais, bem-vinda aos “enta”, pela pessoa que és acredito que a vida vai
continuar a sorrir-te! Beijinho! 😘

Após o (sempre) agradável convívio à volta da mesa, a questão impôs-se: Ainda
vamos beber um copo? E, embora com o grupo mais reduzido, lá fomos.

Destino: praia de Carcavelos, até ao “agora” Pips bar (eu ainda sou do
tempo em que todo aquele espaço era o Veleiro – restaurante, bar, discoteca,
esplanada!!! onde cheguei a trabalhar um verão). Mas adiante!

À chegada, “brincava-se” com um diz-que-é-uma-espécie-de-striptease, ao som da ‘suspeita’ do costume –
You can leave your hat on“, de Joe
Cocker
.

Logo logo, a “normalidade” regressou e da cabina do DJ “choveram” kuduros, reggaetons e outros ritmos, que, confesso,
não são os meus favoritos, mas que “davam vida” à pista de dança.

Porém, como estávamos entre primos e amigos e a noite era de diversão, lá pus timidamente
o meu pezinho a dar a dar. Mas só quando começaram a soar uns “sambas no pé”,
uns “follow the lider” (sim, aqui a qualidade é discutível, mas a animação é garantida)
e, por fim, a aniversariante conseguiu “arrancar” ao DJ uns tão saudosos êxitos
rock anos 80, é que ‘caí’ na pista
como há muito não fazia!

E foi tão libertador! Há tanto tempo que não saía para dançar, que (quase)
me tinha esquecido desta sensação de liberdade (física mesmo, que se sente no
corpo) que dá! E não é que eu não dance, não.

Porque como a minha vida tem de ter banda sonora, tal como o lema da Rádio Comercial, o meu pezinho começa a bater “em casa, no carro, em todo o lado”… mas
tirando na intimidade do meu lar, muito discretamente, claro.

Enfim, este fim de semana deu para perceber uma coisa: tenho de inserir na
minha ‘to do list’ mensal (vá, bimensal pelo menos) sair mais vezes para dançar! Porque gosto. Porque me faz sentir bem.
Porque nos faz viver com maior intensidade. Porque nos rodeamos de amigos. E é
tão bom!

Já cantava, e tão bem, o David BowieLet’s dance“! E vocês, que música é que vos faz saltar para a pista de dança?

Susana Figueira

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias