Ideias até ao infinito

Dança “devoradora” na Culturgest

Novembro 29, 2016
   Foto: © Brotherton Lock, Tate, 2015               
A linguagem corporal é uma das mais expressivas formas de comunicar e a
dança é o seu principal veículo. Através da dança conseguimos dizer o que nos
vai na alma, somos capazes de expressar os nossos sentimentos. “Manger“, de Boris Charmatz, desperta a consciência para a forma como hoje em
dia “engolimos” tudo sem mastigar, como o ritual da refeição está a
desaparecer, como a arte de apreciar nos escapa na pressa de “digerirmos” tudo
sem saborear. “A realidade devorada” chama-lhe o coreógrafo. Se pensam em
marcar lugar para assistir a este espetáculo, esqueçam… ninguém se senta, o
público pode andar pelo espaço cénico de forma a retirar o máximo desta
experiência. “Manger” prepara-se
para “devorar” o espaço da Garagem da
Culturgest
nos próximos dias 2 e 3 de dezembro.
Susana Figueira

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias