Ideias até ao infinito

Pintura de Natália Gromicho no Museu do Oriente

Julho 18, 2016

Foto: Joaquim Gromicho 

Inspirada numa profunda admiração que sente pelos povos orientais, a
artista plástica Natália Gromicho
agora expostas no Museu do Oriente
as 71 obras de grande formato que criou entre 2012 e 2016. “Do Ocidente para o Oriente” inaugura no
próximo dia 21 de julho e exibe uma panóplia de pinturas que revelam paisagens,
momentos do dia-a-dia, homenagens a ícones culturais, entre outras situações
captadas pela artista nas realidades de Índia, Singapura, Timor Leste e China. Tinta
acrílica sobre tela, óleo ou técnica mista foram as opções usadas pela artista neste
trabalho do qual fazem parte obras como “Mar
Oriental
” ou “Lost in Singapure“.
Nas palavras de Natália Gromicho,
eis o que podem os visitantes esperar desta mostra: “A distância entre o
Oriente e o Ocidente foi a base do meu trabalho. (…) Num território culturalmente
tão vasto e rico, abordei apenas o que me é mais caro – disciplina, vestuário,
arquitetura.” A exposição estará patente no Museu do Oriente até 11 de Setembro, no horário normal de
funcionamento do espaço.

Susana Figueira
Nota sobre Natália Gromicho: A artista plástica estudou pintura na Faculdade de Belas Artes e na Escola ArCo, em Lisboa, e 11 das obras presentes nesta exposição resultam da residência artística que terminou em Junho na Casa Garden, delegação da Fundação Oriente em Macau.

“A entrada da cidade”

 

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias