Ideias até ao infinito

Este Armazém continua a crescer!

Maio 30, 2016

De certeza que já deram por ele… por aqui! Assim como quem não quer a
coisa, já vos aguçámos a curiosidade quando fomos Caminhar e Meditar com a Marisa Pedroso na Praia da Grota. Lembram-se daquela última legenda de foto?!
Pois é, ele pode andar “escondido” atrás da sua máquina fotográfica, mas o seu
trabalho aqui no Armazém já lhe dá uma identidade muito própria! Ele é o André
Mendonça, tem 21 anos e é o fotógrafo oficial do Armazém de Ideias Ilimitada,
um miúdo discreto que abraçou este desafio que lhe foi apresentado.

E agora conheçam melhor este talentoso miúdo, aqui, em discurso direto!

Quem é o André Mendonça?

Filho, amigo dos meus amigos,
formado em multimédia, com uma grande paixão pela fotografia. Desejo
futuramente formar-me em Design Gráfico e aumentar o meu conhecimento na área
da fotografia.

O que te caracteriza?

Sou uma pessoa extrovertida, a
partir do momento em que tenho confiança suficiente com as pessoas. Sou brincalhão.
Gosto sempre de um bom desafio e é também por isso que fazer parte desta equipa
do Armazém me agrada bastante. Ainda assim, mesmo gostando de fotografia e sentindo-me
bem e confiante naquilo que faço, não deixo de ser um pouco inseguro. Quando
recebo uma proposta para um projeto diferente do habitual, aquilo que sinto
logo é um pouco de desconforto e de certa forma “medo”, pois não sei o que
esperar e se vou ter capacidade para corresponder àquilo que me é pedido, mas
assim que esse momento chega e pego na máquina abstraio-me de tudo isso e acabo
por fazer o meu trabalho sem qualquer tipo de problemas.

O que fazes, ou gostavas de fazer?

Neste momento, para além da
fotografia, faço alguns pequenos trabalhos na área de Design Gráfico e também
estou envolvido num projeto pessoal, mas na área do vídeo. No futuro, gostaria
de aumentar o meu conhecimento ao nível da fotografia, fazendo uma formação
especializada na área, mas também não coloco completamente de parte a formação em
Design Gráfico, pois fui uma das áreas que sempre me interessou bastante.

Não podias viver sem…

Atualmente, acho que o mais
difícil seria mesmo viver sem uma máquina fotográfica, é claro que há outro
tipo de coisas que seria muito difícil não ter presente na minha vida, mas sem
dúvida que a máquina, neste momento, seria uma coisa indispensável. É algo
que me completa e que a cada dia me entusiasma mais. Muitas das vezes ainda
estou a tirar fotografias e já estou a pensar no momento em que as vou escolher,
pois começo logo a criar expectativas que vou encontrar “a foto da minha vida”. 

Como gostas de passar os teus tempos livres?

Tenho várias formas de passar os
meus tempos livres que depende, de certa forma, do meu estado de espírito. Há
dias em que prefiro estar sozinho e nessas alturas não há nada como ver um
filme, andar de bicicleta, desenhar e até mesmo sem nenhum objetivo
profissional, apenas porque gosto de o fazer, sair  rua com a máquina
fotográfica ao pescoço e procurar por uma boa fotografia. Outros dias só me
sinto bem se estiver acompanhado por aqueles de quem mais gosto, ir jantar a
casa de um amigo, ir ao cinema ou simplesmente dar uma volta para pôr a
conversa em dia.

Como vês a tua colaboração com o Armazém de Ideias Ilimitada?

A minha colaboração com o Armazém de Ideias
Ilimitada surgiu numa altura em que estava a começar este meu projeto da
fotografia e é uma grande oportunidade para divulgar o meu trabalho. Era uma
oportunidade que procurava e espero conseguir corresponder às expectativas,
para que tanto eu como o Armazém de Ideias Ilimitada possamos evoluir
ainda mais. Fazer parte desta equipa é algo que me agrada bastante, pois o Armazém
tem projetos em áreas bem distintas, o que torna cada um deles num novo desafio
e isso entusiasma-me bastante, pois apesar de gostar muito de fotografia não me
imaginaria a tirar sempre o mesmo tipo de fotos no mesmo tipo de projetos, até
porque assim seria mais difícil evoluir.

Susana Figueira e André Mendonça

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias