Ideias até ao infinito

O delírio da dança na Culturgest

Março 7, 2016
  ©
Laurent Friquet                            
Na semana em que se homenageia a Mulher, (o Dia Internacional da Mulher
celebra-se já amanhã) deixo-vos uma sugestão de dança no feminino. Ana Rita Teodoro
prepara-se para subir ao palco do Grande Auditório da FCGD Culturgest no próximo
fim-de-semana, sexta-feira e sábado, pelas 21h30, para apresentar o seu “Delirar
a Anatomia
“. Baseado no género de dança japonês butô, que tem sido a principal área de estudo da bailarina e
coreógrafa, este espetáculo é composto por dois solos – “Sonho D’Intestino” e
Orifice Paradis” – que, tal como os nomes indicam, são coreografias que pretendem
homenagear partes específicas do corpo humano. Se a primeira é fácil de
perceber a que parte da anatomia se dedica, já a segunda é uma
homenagem à boca. Apesar de já terem estreado nos anos de 2012 e 2013, os dois
solos são agora interpretados em conjunto, mas separadamente, por duas bailarinas, já que Ana Rita Teodoro
convidou Katerina Andreou para subir ao palco consigo neste espetáculo. A dança
é uma das mais belas formas de manifestação do corpo humano e “Delirar a
Anatomia
” assume-se como uma homenagem diferente.

Susana Figueira
Nota
sobre Ana Rita Teodoro:
Em 2015, recebeu a Bolsa de Aperfeiçoamento
Artístico da Fundação Calouste Gulbenkian para regressar ao Japão e estudar com
Yoshito Ohno e, em 2016, desenvolve uma pesquisa em torno da prática do butô
com o apoio do Centre National de la Danse (Pantin), a ser apresentada no
início do próximo ano. Tem desenvolvido projetos com dança para crianças,
grávidas, idosas e deficientes mentais. Para além disso, criou, desde 2009, as
coreografias a solo MelTe (2009), Curva (2010), Orifice
Paradis
(2012), Sonho d’Intestino (2013) e ASSOMBRO
(2014-2015).

Nota: Os bilhetes para ver “Delirar a Anatomia
custam 12 euros para o público em geral e 5 euros para jovens até aos 30 anos e
desempregados.

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias