Ideias à solta

Um Pouco de Tudo, por Aldy Coelho

Fevereiro 17, 2014

Hogmanay – Scotlanda, 2014 |    Foto by
Fabio Taberga

DE TUDO UM POUCO

Para algumas pessoas esse artigo terá um assunto atrasado,
mas como eu sempre prefiro ver o lado positivo das coisas, digo que este artigo
terá um assunto bem adiantado, isso sim… Nosso artigo de hoje será sobre o
Hogmanay, o ano novo escocês, afinal, tudo o que é bom, merece ser sempre
lembrado!!!


DA SÉRIE “PÉ NA ESTRADA”: HOGMANAY, O INCRÍVEL ANO NOVO
ESCOCÊS

Uma das maiores comemorações de Réveillon do mundo, esta
tradicional festividade reúne milhares de pessoas em Edimburgo, capital da
Escócia, e conta com três dias consecutivos de eventos e atrações. Neste ano
(2013/2014) a organização estima que estiveram presentes cerca de 70 mil
pessoas de 60 nacionalidades diferentes.
Acontecendo há 21 anos consecutivamente, esta tradição
começou há séculos entre os nórdicos, com a celebração do solstício de inverno
e posteriormente com a introdução de alguns costumes gaélicos até o século
XVII, com o início da Era Protestante, que proibiu as celebrações de outras
religiões. Então que os escoceses começaram a realizar uma festa de ano novo
que comemorasse em dobro.
O evento que abre as festividades do Hogmanay começa no dia
30 de dezembro, é a Tochlight Procession, uma procissão com tochas que neste
ano levou cerca de 35 mil pessoas ao centro histórico de Edimburgo e mais 8.500
pessoas carregando as tochas.
Esta multidão é liderada por homens paramentados com vestimentas típicas dos vikings e por 6 bandas típicas escocesas, com mais de 100 tocadores das gaitas de fole (bagpipes). A procissão tem início na Praça do Parlamento, descendo a Prince Street, avenida principal de Edimburgo, seguindo até o Carlton Hill, iluminando todo o trajeto com milhares de tochas incandescentes. São tantas pessoas participando que a procissão tem a duração de mais de três horas, e quando chegam no destino final, as tochas são utilizadas para incendiar um barco simbólico e o evento finaliza com uma grande queima de fogos. Para participar desta procissão não é necessário tickets, mas se quiser levar uma tocha é preciso comprar no local, por £10.

 

 
Na noite do dia 31 de dezembro, as festividades começam a
partir das oito da noite na Prince Street, que é fechada em toda sua extensão
para abrigar os vários palcos com telões dispostos em diversos pontos da
avenida, além de barracas de comidas típicas e bebidas. Neste ano, exatamente
às 20h14, houve uma grande queima de fogos que se repetiu de hora em hora até o
momento mais esperado, a meia-noite.
O palco principal fica instalado na Princes Garden e
normalmente traz uma banda conhecida, neste ano foi a vez da dupla britânica
Pet Shop Boys, cantando seus sucessos. Nos demais palcos ao longo da avenida
estão as bandas tradicionais da Escócia e Reino Unido, que vai do pop-rock à
folk music escocesa. Além de Dj’s animando a noite dos moradores e turistas em
busca de diversão na última noite do ano.
É em frente ao Princes Garden que fica o melhor ponto para
visualizar a grande queima de fogos à meia-noite, que acontece no Edinburgh
Castle, com aproximadamente 20 toneladas de fogos de artifício e 10 minutos
ininterruptos de um show de luzes no céu escocês. ^
Ainda na noite de 31 de dezembro acontecem outras atrações
paralelas como o Keilidh, no The Mound, onde está localizado a Galeria Nacional
da Escócia, uma apresentação de danças e músicas típicas, com instrutores que
ensinam o público a dançar o Ceilidh. E também o Concerto a luz de velas na
Catedral de St. Giles. Ótimo para quem quer vivenciar as tradições escocesas.

 

No primeiro dia do ano, a comemoração fica por conta dos
mais corajosos ou para aqueles que quiserem curar a ressaca do dia anterior, o
The Loony Dook consiste em reunir milhares de pessoas para mergulharem nas
geladas águas do Rio Forth, seja de roupa, fantasiado, ou pelado mesmo. O que
vale é a coragem de mergulhar neste rio no rigoroso inverno europeu, e o
principal, arrecadar fundos, já que toda a renda é revertida para as
instituições de caridade.

 

 

The Looky Dook, by BBC London

Se depois de ler tudo sobre o Hogmanay você se interessou
participar do maior Réveillon do mundo, é melhor você se preparar
antecipadamente. Já estão à venda os tickets para o evento 2014/2015 e quanto
antes agendar hotéis, passagens aéreas e tickets melhor, pois você economiza e
garante sua presença no melhor ano novo do mundo, embora este ano esteja apenas
começando.
 

***Lembrando que o show principal na Princes Gardens, a
Street Party, The Keilidh, o Concerto de Velas e The Loony Dook são tickets
individuais e devem ser comprados com antecedência, pois se esgotam rápido.

ALDY COELHO

(esta crónica é escrita em português do Brasil) 

    Escreve aqui o teu comentário

    Parcerias